Postado em 24 de Maio de 2016 às 15h24

    Já? Ejaculação Precose

    Sexualidade (13)

    Um dos maiores medos do homem na cama é ejacular rápido demais. Insegurança, estresse e até achar que a mulher é superpoderosa podem fazer o cronômetro deles disparar.

    O que é ser viril? Para a maioria dos homens, a grande prova da masculinidade é conseguir manter o pênis ereto e chegar ao orgasmo. Broxar ou ejacular antes da hora estão entre os medos mais secretos que assolam um homem na cama.

    Não existe um tempo-padrão para o homem chegar ao clímax. Assim, às vezes é difícil definir exatamente o que é ejaculação precoce. Quando o orgasmo dele acontece ainda antes da penetração, o diagnóstico é óbvio. Nem sempre é assim. O homem geralmente se dá conta do problema quando, durante a relação sexual, a ejaculação vem antes do que ele deseja. Não conseguir proporcionar, assim, prazer à parceira é um sinal forte disso.

    A ejaculação pode ser de causa orgânica ou psicológica. Quando for de causa orgânica deve ser tratada por um médico especializado. Quando for de causa psicológica faz-se necessária o acompanhamento de um psicólogo.

    Vou comentar, a seguir, algumas das situações que conduzem a ejaculação precoce com causas psicológicas:

    Desconhecimento do corpo e da função sexual
    Algumas pessoas tem uma total falta de conhecimento do próprio corpo e mesmo da função sexual. Esta falta de conhecimento leva o homem a reduzir a atividade sexual em uma atividade estritamente genital. Tipo pênis x vagina. Isto ocorre porque o desconhecimento leva homem a " necessidade " de cumprir um papel de " macho ", instituído por conceitos sociais e morais alicerçados em um padrão de conduta estritamente " machista ". Dentro deste papel a preocupação básica é a manutenção da ereção, então acaba o homem sendo escravo de uma expectativa. Quando vai para uma atividade sexual, " acha " que tem que permanecer em ereção (de preferência muito vigorosa) desde o inicio da atividade. Isto acaba fazendo com que ele entre na ação com um grau elevado de " ansiedade " agindo então como " redutora das preliminares " e precipitadora de uma ejaculação mais rápida.
    Desconhecimento das necessidades da parceira.

    Este tipo de homem acha que para a parceira a ação sexual (pênis/ vagina) e a satisfação está no processo de penetração. Para a mulher, as preliminares e a troca de carícias é o item mais importante da ação sexual. Para ela sexo e afeto caminham juntos. Assim,a parceira de um ejaculador prematuro é e sente-se lesada em todas as ações sexuais.
    Dificuldades em dar ou receber carícias.

    Para o ejaculador prematuro receber caricias fica sendo visto como maior aumento da excitação e portanto aumento da precipitação ejaculatória. Desta forma ele rejeita receber caricias e muitas vezes solicita que a parceira fique totalmente imóvel durante a ação sexual pois acha que assim " demorará mais " para ejacular. Receber caricias é exatamente o contrário do que pensa um ejaculador rápido. Receber caricias melhora o padrão de excitabilidade e diminui muito a tensão nervosa e a ansiedade que precipitam a ejaculação.
    Atividade sexual como escape de tensões.

    Em uma grande maioria, encontramos nos ejaculadores prematuros um quadro de ansiedade muito acentuado que determinava um processo de insegurança básica. Esta situação de insegurança fortalece a dificuldade em lidar com tensões e frustrações e acaba por produzir um enfraquecimento na auto-imagem. De modo geral, estes indivíduos acabam sentindo-se muito abaixo de suas próprias expectativas quanto a seu papel na sociedade. Não conseguem cumprir suas próprias exigências (conscientes e inconscientes) do que é ser um " verdadeiro homem ". Para eles os outros são sempre mais capazes. E a cada " falha " sentem-se mais inseguros e acabam por utilizar a atividade sexual para descarregar tensões externas.
    Iniciação sexual inadequada.

    A falta de diálogo sobre sexo entre o filho jovem e os pais leva o adolescente a buscar informações com os amigos os quais geralmente são tão desinformados quanto ele. Esta troca de desinformação, acaba sendo uma fortalecedora de fantasias e criadora de uma grande expectativa quando ao cumprimento de um papel sexual onde a quantidade é sempre mais engrandecida do que a qualidade do sexo.

    Vencer a ansiedade.

    A ansiedade é o principal desencadeante da ejaculação rápida, ela é encontrada em todos casos e seus motivos são os mais diversos. Vamos então nos prender ao sintoma. Devemos ter em mente que uma atividade sexual é uma atividade para gerar unicamente prazer , portanto deve ser realizada de maneira que possa ser " curtida e vivenciada " em toda sua evolução. Sentir, ver, tocar, deve ser explorado ao máximo. Devemos também tirar da mente que a ereção deve ocorrer desde os momentos iniciais pois esta preocupação pode desviar-nos de partes que estão no momento sendo mais importantes. Quanto mais carícias maior será a excitação e menor será a tensão, portanto você estará mais solto e relaxado, podendo então ter maior controle sobre sua ação.

    Lembre-se, para tudo há solução. Você não é o único nem será o último a apresentar problemas. Busque profissionais capacitados que possam lhe auxiliar. Calar não é solução.

    Por Ieda Dreger. 

    Veja também

    O que você vai querer ser no futuro?24/05/16 Vivemos numa sociedade capitalista que valoriza o ter e poucos conseguem preocupar-se com o ser. Acredito que nascemos a partir de um ciclo de evolução constante, estamos vivos para evoluir como seres humanos. A vida torna-se mais saborosa quando conseguimos elevar nossos sentimentos e sair da mesmice diária, rotineira, de cumprir obrigações sem refletir em como e por que nossas......
    Afinal, quem deve mudar?24/05/16 Uma das questões com que sou confrontada frequentemente na terapia de casal diz respeito às mudanças. Claro que quase todas as pessoas que buscam terapia de casal buscam também mudanças, geralmente do outro. Mas......

    Voltar para Blog