Aba 1

SAIBA MAIS

Sobre os serviços oferecidos.

Atendimento a adultos

Atendimento a adultos

Os atendimentos a adultos constituem-se em um processo que usa basicamente a fala em associação livre - quando a pessoa fala tudo aquilo que lhe vem à cabeça - como instrumento de análise.

No entanto, paralelo a isso, utilizam-se outras atividades e técnicas ludicas que auxiliam o paciente a se abrir e compreender determinadas situações, como colagem, argila, mascaras, desenhos e outros.

Atendimento a crianças

Atendimento a crianças

Com crianças, os atendimentos são ludoterápicos, ou seja, envolvem a brincadeira e atividades com material diverso com o intuito de utilizar uma linguagem e um ambiente mais propício e facilitador de conteúdos do universo infantil.

Esse processo com as crianças inclui também uma concomitante orientação aos pais.

Atendimento a adolescentes

Atendimento a adolescentes

Já com os adolescentes, tem-se um atendimento que se caracteriza por ser intermediário entre aquele do adulto e o da criança; ou seja, tem certo aspecto lúdico, mas também se faz através da fala.

Abordando neste caso, questões típicas dessa fase de transição.

Atendimento de orientação aos pais

Atendimento de orientação aos pais

Atendimento, em geral, realizado paralelamente ao atendimento de criança.

Tem o objetivo de auxiliar os pais numa reflexão sobre a dinâmica familiar e sobre meios de se apropriarem da educação de seus filhos da melhor maneira possível.

Orientação Profissional

Orientação Profissional

Processo destinado em geral a jovens que estão prestes a entrar para a universidade, de orientação e acompanhamento na escolha da profissão. O teste é apenas um dos instrumentos, a idéia é auxiliar na compreensão do que os cursos estudam especificamente e quais as profissões que abrem espaço ou tem possibilidade de ter seus espaços ampliados.

Os atendimentos podem ser realizados individualmente ou em grupo

Atendimento em domicílio

Atendimento em domicílio

No caso de pessoas com dificuldades de locomoção (idosos ou pacientes com necessidades especiais), o atendimento psicológico é realizado na casa do paciente ou em outro local que se encontre (hospital, instituição).

Este tipo de atendimento visa atender pessoas, que por uma série de fatores não tenha facilidade no acesso ao consultório. Muitas vezes, engloba, além de um trabalho individual com esse paciente, uma orientação à família ou cuidador.

Atendimento a portadores de dores crônicas

Atendimento a portadores de dores crônicas

Os portadores de dores crônicas têm, além da dor física, a dor emocional. Lidam com uma dor que não pode ser medida, não provoca feridas, mas isola. Isola da vida social, das atividades esportivas, do trabalho e, se não isola, dificulta muito as atividades do dia a dia.

A dor crônica geralmente está associada a depressão e a tônica deste trabalho é buscar um olhar diferente, focando o que ainda pode ser feito e não se pautando no que não é mais possível fazer.

Atendimento a casais que buscam a reprodução humana assistida

Atendimento a casais que buscam a reprodução humana assistida

Atendimento psicoterapêutico a casais que buscam, junto com a Dra. Simone Baques, a reprodução humana assistida.

A psicologia está presente como forma de ver as condições psicológicas dos mesmos e algum fator que possa ter interferência negativa no processo.

Palestras

Palestras

Palestras realizadas em escolas, prefeituras, grupos de mulheres, etc, com assuntos variados, sempre relacionados a psicologia tais como: 

• Dificuldades em relação a educação de filhos
• Dificuldades em colocação de limites
• Dificuldades no casamento
• Obesidade
• Problemas Sexuais (falta de desejo, falta de orgasmo, ejaculação rápida, falta de ereção...)
• Anorexia e Bulimia
• Os diversos papéis da mulher (mãe, mulher e trabalhadora)
• Cuidados da gestante consigo mesma e os diversos processos emocionais da gestação
• A difícil tarefa do diálogo, etc.